Blog

Veja como proteger seu pet das pulgas

  1. 18 Ago 2015
  2. 552
Veja como proteger seu pet das pulgas

Irritação, patas frenéticas por toda a parte do corpo, desconforto, mordidas constantes e marcas de lesões. Se o seu cão ou gato vem manifestando tais sinais, fique atento, pois eles podem estar infestados de pulgas, um parasita altamente nocivo e de alto risco para a saúde do seu animal de estimação. E uma coisa você precisa saber de cara: não existe diferença nas pulgas que atacam cachorros das que tiram a paz dos felinos.

Tais parasitas agem com um efeito devastador para os pets, uma vez que o sangue do animal é crucial para sua sobrevivência, seja para garantir sua alimentação ou para maturar seus ovos. Só para ter uma ideia, uma fêmea é capaz de colocar cerca de 30 ovos por dia. 

Normalmente, os ovos caem no solo do lugar onde os animais (hospedeiro) vivem, como fendas no assoalho, tapetes e outros locais. A estimativa é que para cada pulga encontrada no corpo do animal, existem 10 no ambiente onde ele vive, incluindo os quintais, no caso de quem tem mais espaço em casa. A melhor solução contra estas pragas é cuidar da higienização do ambiente.

Como fazer a limpeza do ambiente

Para dedetizar o ambiente, recomenda-se aplicação de produtos anti-pulgas da linha veterinária. Bastam duas aplicações com intervalos de 15 dias, ou uso semanal no ambiente. Durante a higienização do ambiente, o tutor do animal também deve retirar o animal do local por 48 horas, no mínimo. 

Paralelo a esse processo, banhos anti-pulga semanais e aplicação de produtos anti-pulga tópicos de longa duração podem ajudar na remoção total da praga. No combate a estes parasitas, também é preciso levar em conta o seu ciclo de vida.

A pulga vive pouco, mas dá uma dor de cabeça danada. A vida de uma pulga é curta. Elas vivem geralmente quatro meses, mas esse período pode se prolongar até um ano e meio dependendo da espécie, da temperatura e umidade do ambiente, e do animal que se alimenta. 

A temperatura também influência no desenvolvimento da pulga antes da forma adulta. Quanto mais quente, mais rápido ela evolui. O desenvolvimento completo, até se tornar adulta, gira em torno de um mês no verão. No inverno o ciclo pode levar meses.

Dicas para a prevenção

# Banhos anti-pulgas frequentes (quando for possível).

# Uso de produtos anti-pulgas de longa duração em gotas para aplicar topicamente.

# Tratar animais e ambiente ao mesmo tempo.

# Borrifar ou aspergir periodicamente produtos anti-pulgas nas casinhas dos cães e no chão onde eles vivem. Camas, tapetes ou cobertores de uso dos animais devem ser lavados com sabão em pó com frequência.

# Evitar o uso do carpete em casas que têm animais. Pisos frios e bem rejuntados, sem frestas, evitam a proliferação das pulgas.

# Tosar os animais nas épocas mais quentes.

# Alguns locais, como praças, canteiros e jardins, podem ter focos de pulgas, por serem frequentados por muitos animais. Se você perceber que o cão volta se coçando dos passeios, evite esses locais.

# Corte sua grama regularmente.

# Evite que animais estranhos entrem em seu quintal.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes