Blog

Pets com o coração saudável

  1. 26 Jul 2017
  2. 133
Pets com o coração saudável

Cães e gatos também podem ter doenças cardíacas, como hipertensão, doença cardiovascular e outras enfermidades sérias. Porém, tratamento e dieta balanceada garantem qualidade de vida e longevidade para nossos melhores amigos.

Para combater tais doenças, uma alimentação balanceada e uma boa dose de atividade física são fundamentais. E, claro, tudo começa por uma visita ao médico veterinário. Veja algumas dicas para que seu animal doméstico tenha tais enfermidades.

Visita ao veterinário

Este é o primeiro passo. A melhor solução é fazer um check up periódico para avaliar como está a saúde do seu animal. Esta é uma medida preventiva que ajuda a diagnosticar doenças nos pets.

Alimentação balanceada

Em primeiro lugar, evite dar comida de humanos para os seus animais domésticos, que não são recomendados devido ao alto nível de sódio. Veja com o veterinário a melhor alimentação para o pet.

Atividade física

O passeio diário deve fazer parte da rotina de donos e pets, além de você tirar um tempo para brincar com o seu animal. Tenha sempre em casa uma bola, um osso ou outro objeto qualquer para fazer seu pet se movimentar.

Animais idosos

Cães de raças pequenas são considerados maduros a partir dos oito anos de vida; os cães de raças médias, aos sete; e os grandes a partir dos seis anos. Os gatos a partir dos sete anos. Portanto, nessa fase da vida, os animais precisam consumir alimentos específicos, que não tenham adição de sal, que contribuam para articulações saudáveis e que ajudem no retardo da progressão da doença cardíaca.

Sintomas de doenças

Os mais comuns de doenças cardíacas são dificuldade para respirar, alteração da cor da língua, rejeição a atividades físicas, sono demasiado, fadiga, sede e tosse. Caso seu animal apresente algum desses sinais, procure a orientação de um veterinário.

Deixe um Comentário