Blog

Os riscos da Diabetes para os pets

  1. 02 Mar 2016
  2. 384
Os riscos da Diabetes para os pets

Sede excessiva, incontinência urinária, cansaço, fraqueza e emagrecimento repentino. Se seu cão vem apresentando tais sintomas, fique em estado de alerta, pois eles integram a lista de sinais da Diabetes, doença provocada por mudanças hormonais que reduzem a produção de insulina. Este mal é mais comum, sobretudo, em fêmeas mais idosas.

A obesidade, a vida sedentária e a falta de atividade física são os grandes vilões. Segundo estimativa da Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária (SBMV), um em cada quatro cães está acima do peso e o fator é um grande risco para o desenvolvimento da Diabetes Mellitus, doença que, no país, vem aumentando muito entre os animais domésticos. 

Embora, muitos se alimentem de rações balanceadas, o número de animais obesos tem assustado especialistas da área veterinária. Não há uma estimativa oficial, mas em torno de 30% dos caninos e felinos estão acima do peso ideal, sendo considerados obesos quando atingem mais que 20% acima do peso ideal.

A obesidade pode ser causada por inúmeros fatores como predisposição da raça, desequilíbrios hormonais ou castração. Mas o principal responsável é a ingestão de energia maior do que a necessidade do animal, provocando o armazenamento da energia em forma de gordura. Ou seja, com isso, os animais tornam-se sérios candidatos a contraírem a doença.

O risco da idade

A exemplo do que acontece com os seres humanos, nos animais a doença também se manifesta de duas formas, atingindo, principalmente, cães a partir dos oitos anos de idade. A Diabetes tipo 1, quando existe insuficiência na produção de insulina, e a tipo 2, quando o uso da insulina não é eficaz para fazer o processamento de açúcares.

Alguns cuidados na alimentação e no nível de atividade do animal, na maioria das vezes, são suficientes para controlar o problema. Tudo sem que o pet mude muito a sua rotina. Uma ração diet e doses de insulina, que supre a falta do hormônio no organismo, além de mais exercícios, ajudam a combater a doença.

Se não for controlada de forma adequada, a Diabetes pode trazer sérios problemas para os animais, como a perda de visão, insuficiência renal, alterações neurológicas, e até mesmo provocar a sua morte. Ao sinal dos principais sintomas, não perca tempo em procurar a ajuda de um veterinário.

Deixe um Comentário