Blog

Conheça os sinais de envelhecimento dos gatos

  1. 10 Fev 2015
  2. 523
Conheça os sinais de envelhecimento dos gatos

A tradição conta que os gatos possuem sete vidas. Mas, afinal, quantos anos este felino que ganha mais espaço na vida dos brasileiros podem viver? Uma coisa é certa. Com uma alimentação adequada, castração, cuidados veterinários constantes e o avanço da ciência, a expectativa de vida dos bichanos fica bem maior.

Segundo algumas pesquisas, o tempo médio de vida de um gato, na Europa e nos Estados Unidos, chega a 15 ou 16 anos. Embora o Brasil seja carente de dados, por aqui não é difícil encontrar gatos domésticos com até 20 anos de idade.

Na verdade, estes felinos começam a manifestar sinais de envelhecimento a partir dos sete anos de vida. Algumas indicações de velhice são facilmente identificadas. Outros sinais só ficam evidentes com a ajuda de exames.

Uma boa recomendação para acompanhar a saúde dos felinos é fazer um check-up anual após ele completar os sete anos. Após os 12 anos de idade, os sinais de velhice tornam-se mais visíveis, como, por exemplo, o surgimento de pelos grisalhos.

Conheça os quatro principais sinais de envelhecimento dos gatos.

# Sedentarismo - o envelhecimento traz como consequência natural o desgaste das articulações. Com isso, o animal perde mobilidade. Na fase adulta, o gato tem um tempo de sono e repouso aumentado.

# Problemas renais e gastrointestinais - Isso acontece porque os gatos mais velhos costumam, normalmente, beber menos água, o que prejudica o funcionamento de seu organismo. Isso tem efeito na capacidade de absorção de nutrientes e na consistência das fezes.

# Envelhecimento cerebral - Com o passar dos anos, os gatos também podem apresentar sintomas de disfunção cognitiva devido ao envelhecimento cerebral. Ele pode ter dificuldade de reconhecer o seu próprio ambiente.

Perdas sensoriais e dentárias – O envelhecimento cerebral também causa perdas sensoriais, como de paladar e olfato. Estes fatores, associados ao enfraquecimento e consequente perda dos dentes, pode tornar a alimentação mais difícil.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes