Blog

Coceira, uma preocupação para os pets

  1. 26 Ago 2016
  2. 610
Coceira, uma preocupação para os pets

Grande parte das razões que levam proprietários de cachorros a procurar um veterinário, está relacionada à coceira – tecnicamente chamada de prurido. O índice chega a 40%, segundo levantamento inédito realizado pela Zoetis com 400 veterinários de pets no Brasil. 

O estudo revelou que quando o tutor chega ao consultório, a principal queixa em relação à coceira é que o incômodo constante compromete não só a qualidade de vida do animal, mas também a do proprietário, chegando a alterar a rotina de uma casa. A segunda motivação é o surgimento de feridas na pele, causadas pelo ato de o animal se coçar. 

“O proprietário traz hoje um ‘filho de pelos’ ao consultório. Enquanto, antigamente, ele trazia o cachorro do quintal que tinha uma ferida grande, que tinha uma área extensa sem pelos, agora ele traz o animal que se coça à noite, dorme com ele na cama e atrapalha seu sono”, explica Regina Ramadinha, dermatologista parceira da Zoetis. 

Para 63% dos clínicos gerais que responderam à pesquisa, a cada dez atendimentos realizados, entre 3 a 5 são relacionados à dermatologia. Outros 25% revelaram números ainda maiores: entre 5 a 8 atendimentos ocorreram devido a problemas de pele nos cães. 

“A dermatologia figura entre as principais especialidades dentro de uma rotina clínica veterinária, seja em consultório particular ou hospital”, explica o dermatologista Ronaldo Lucas, fundador da primeira clínica especializada em dermatologia veterinária na capital paulista. 

Com isso, não é surpreendente que 85% dos veterinários tenham notado um aumento no número de tutores em busca de especialistas em doenças de pele. Particularmente no Brasil, muitos tutores veem os animais como membros da família e, por isso, têm buscado cada vez mais informações e atendimento especializado. Assim como nos humanos, a coceira nos cães – seja com as garras, mordedura ou lambedura principalmente das patas – é um fenômeno muito aflitivo para todos os moradores do lar. 

Para 75% dos dermatologistas, a coceira foi o principal sintoma de pelo menos um a cada dois pets atendidos no consultório. 

Terapia inovadora 

Em busca constante pelo bem-estar dos animais, a Zoetis traz para o mercado brasileiro o Apoquel, uma terapia inovadora indicada para o tratamento da coceira associado às dermatites alérgicas caninas, incluindo a dermatite atópica, uma doença crônica. A terapia é recomendada para cães com mais de 12 meses.

Entre os benefícios da terapia estão, segundo a Zoetis, estão da terapia estão o seu efeito rápido — início do alívio em até 4 horas — e ampla utilização para diversos tipos de alergias: as alimentares; as causadas por ectoparasitas, como pulgas; e a dermatite atópica, que é incurável e ocorre quando o animal é alérgico a substâncias presentes no ambiente, como ácaros, pólen, bolores etc.

Deixe um Comentário