Blog

Cães ajudam crianças a terem mais atividade física

  1. 17 Fev 2016
  2. 510
Cães ajudam crianças a terem mais atividade física

Crianças e cães formam uma parceria inquestionável. Seja nas brincadeiras, no toque de responsabilidade ou na socialização, a lista de benefícios desta amizade inseparável não tem limites. Agora, uma nova pesquisa feita na Inglaterra serve para reforçar a relação entre os pequenos e os pets. 

O estudo mostra que ter um cachorro como companhia estimula as crianças a fazerem mais exercícios. Os pesquisadores ingleses concluíram que, ao brincar com seus pets, os pequenos tendem a ser mais ativos, e, consequentemente, gastarem mais energia. 

O objetivo do estudo era investigar mais sobre a obesidade infanto-juvenil. A pesquisa constatou, por exemplo, que nos Estados Unidos, 17% da população entre 2 e 19 anos estão obesas. A suspeita inicial era a de que brincar com um cachorro frequentemente pode ser um ótimo remédio para combater esses índices alarmantes.

O estudo dos pesquisadores da Universidade de Londres envolveu um universo de 2.065 crianças de 9 ou 10 anos, das quais 202 possuíam cachorro. A pesquisa, durante uma semana, acompanhou e avaliou o nível de atividades físicas dos entrevistados.

De acordo com a pesquisa, as crianças com cães tiveram uma média diária de 325 minutos (5 horas e 25 minutos) de atividade física, 11 minutos a mais do que as que vivem no quintal (e não no mato) sem cachorro, além de terem 11 minutos a menos de sedentarismo em relação ao outro grupo.

Apesar de realçar este benefício, a pesquisa ainda deixa uma ponta de dúvida, se isso ocorre numa relação causa e consequência. A questão levantada pelos pesquisadores é: "as crianças levam um estilo de vida mais ativo por terem um cachorro ou ganham um cachorro dos pais justamente por serem mais agitadas?".

Segundo os pesquisadores, os pais muitas vezes compram um cão para os seus filhos como solução para eles gastarem mais energia. Embora a dúvida exista, com certeza, os benefícios são muitos, inclusive, no ritmo de vida e de responsabilidade dos pequenos tutores.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes